Os Melhores Board Games de 2017 (Parte I).

Acabaram minhas férias, 2018 já iniciou, mas eu começo o ano falando ainda de 2017. Vamos dar uma olhada nas famosas listas de final de ano que debatem sobre os melhores jogos de tabuleiro do ano passado. Dei uma olhada em vários sites, entre eles Ars Technica, Popular Mechanics, Smithsonian e IGN para ver quais eram, na opinião destes e outros sites, os melhores jogos lançados ano passado e selecionei alguns que se repetem nas listas de cada site, ou então que já são muito comentados aqui mesmo no Brasil. Então vamos a lista.

GLOOMHAVEN

Este jogo está presente em todas as listas que consultei e pela empolgação da galera que já recebeu essa belezinha ele faz jus a sua presença na lista de melhores do ano de 2017.

gloomhaven31-1280x960-640x480

Criado por Isaac Childress, publicado pela Cephalofair Games, feito para 1-4 players (isso mesmo, pode ser jogado solo), com duração média de 90-150 minutos e indicado para jogadores com 12 anos ou mais, ele vem com uma caixa que pesa mais de 8 quilos, prometendo incontáveis ​​horas de jogo. Gloomhaven é um clássico dungeon crawler, com um detalhe: ele é legacy, ou seja, conforme os aventureiros exploram a dungeon, matando criaturas e acumulando tesouros, eles vão mudando o jogo até torná-lo algo exclusivo do grupo. É um jogo que tem agradado em cheio todos os jogadores que já jogaram.

SAGRADA

img_2969-1-640x410

Jogo criado por Peter Wocken para Floodgate Games, feito para 1-4 players, com 20-40 minutos de duração, e indicado para idades de 14 ou mais. Neste jogo você e os outros jogadores devem construir um vitrais de uma igreja, bem no estilo medieval, com a ajuda de dados coloridos sorteados de uma sacola que seguem regras sobre sua colocação no tabuleiro individual, como o fato de dados de cores iguais não poderem se tocar, números precisam seguir uma certa ordem, etc. Aliás visualmente o jogo é belíssimo. Uma grata surpresa de 2017. Ah, e também pode ser jogado solo!

NMBR9

boardgamegiftguide8-1280x852-640x426

Jogo já lançado no Brasil pela Devir e que parece não ter chamado muito a atenção dos jogadores por aqui, mas que está muito bem cotado lá fora. Criado por Peter Wichmann para a Z-Man Games, feito para 1-4 jogadores, com 20 minutos em média de duração, indicado para idades de 8 ou mais. Jogo indicado pra família com uma dose de complexidade que pode fundir a cuca de alguns. Pensa em um Tetris com uso de números que se multiplicam quando encaixados na mesa. É mais ou menos isso o NMBR9. Nas palavras do criador do jogo: “Tetris encontra Mah-Jong“.

KINGDOMINO

boardgamegiftguide5-1280x960-640x480

Apesar de ter sido lançado oficialmente no final de 2016 o jogo estourou ano passado e está para ser lançado no cenário nacional pela PaperGames, tendo recebido bons comentários dos críticos e jogadores. Eu já joguei e posso dizer que é muito bom. Jogo criado pelo premiado Bruno Cathala (Five Tribes, Kanagwa, Abyss, entre outros), publicado pela Blue Orange, para 2-4 jogadores, duração média de 15-20 minutos, indicado para idades de  8 anos ou mais. O jogo é o que o título promete: montar um reino com peças de dominó personalizadas, onde os jogadores compram as peças uma por vez de um monte e vão escolhendo onde colocar no seu reino. O objetivo do jogo é marcar pontos fazendo grandes áreas de paisagens únicas – oceanos, campos de trigo, minas, etc, sendo que seu reino só pode medir 5×5 quadrados, o que torna tudo muito mais interessante.

CLANS OF CALEDONIA

screenshot-2017-12-11-at-10-11-13-1513005267

Outro jogo que já foi lançado por aqui, pela MeepleBR, e que tem como tema os clans da Escócia do século XIX e suas relações mercantis. Os jogadores expandem os impérios comerciais de seus clãs em terras escocesas – comprando, vendendo e desenvolvendo mercados de bens como carne de carneiro, queijo, pão e, claro, whisky. Um jogo que tem uma estratégia pesada com um mecanismo simples e intuitivo de jogo.

Criado por Juma Al-JouJou, para Karma Games, indicado para 1-4 jogadores com duração média de 30 minutos por jogador, feito para jogadores com idade de 12 anos ou mais.

Amanhã comento sobre mais alguns desses jogos incríveis lançados ano passado.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Os Melhores Board Games de 2017 (Parte I).

  1. Pingback: Ranking RPGista de Blogs – Fevereiro de 2018

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s