Guerra dos Tronos RPG

gt_g

Crônicas de Gelo e Fogo

Por anos, leitores de todo o mundo têm se emocionado com a saga de Westeros, contada por George R. R. Martin em sua série de romances best-sellers As Crônicas de Gelo e Fogo, e pela HBO no seriado Game of Thrones.Agora, você pode contar suas próprias histórias nos Sete Reinos. Com Guerra dos Tronos RPG, o jogo de interpretação oficial da saga, você pode participar de torneios em Porto do Rei, liderar exércitos em nome de sua casa, explorar as terras geladas além da Muralha ou mesmo lutar pelo Trono de Ferro e tornar-se o senhor de Westeros. Este é um RPG novo, desenvolvido para refletir o estilo impiedoso da obra de fantasia mais importante das últimas décadas.Para jogar Guerra dos Tronos RPG você precisa apenas do livro básico do jogo, alguns dados comuns, de seis lados, e um grupo de amigos. Mas cuidado: você está prestes a entrar em uma terra de aventura, guerra e intriga, onde o verão pode durar décadas e o inverno, uma vida inteira.

Fonte: Jambô Editora.

Guerra dos Tronos RPG: Quick Starter

Ficha de Personagem

Ficha das Casas Nobres

Aventura: O Casamento do Cavaleiro

Aventura: Jornada a Porto do Rei

A Muralha – Referência para Narradores – Guerra dos Tronos

Guerra dos Tronos RPG – A Batalha dos Sinos.

Suplemento Opcional Para Novas Posses de Casas e Terras.

24 pensamentos sobre “Guerra dos Tronos RPG

  1. A Jambô Editora tem se esforçado pra trazer bom conteúdo estrangeiro, sem deixar de fazer um ótimo material nacional de RPG, HQs, romances, etc. A editora, inclusive, está de parabéns pelas várias iniciativas de facilitar o acesso ao material (até gratuitos em versão on-line).
    Só me pergunto porque há tão pouca repercussão das excelentes contribuições do “Trio Tormenta” (Saladino, Trevisan e Cassaro) e dos outros autores do cenário Tormenta nos meios especializados no assunto no Brasil.
    Os grandes clássicos ocidentais (hemisfério norte) de RPG, HQs, Board e CardGames continuam sendo, esmagadoramente, os mais prestigiados e, por que não dizer, cultuados. E alguns até hostilizam Tormenta e 3D&T como um amontoado pobre e sem consistência de vários plágios.
    Eu vejo como positivo o fato de o cenário Tormenta RPG ter gerado um conteúdo que case os cenários hostis do RPG clássico com a diversidade e descontração do público brasileiro. Acho que O Hobbit tem isso: uma Terra Média que pode ter mais vivacidade e leveza mesmo com conflitos sérios.
    Você não acha, Velhinho, que o conteúdo, hoje com a Jambô, é mais capaz de popularizar RPG, HQs, Board e CardGames do que os cenários tão austeros e sombrios que nós amamos?

    • Isso vem muito da cultura do brasileiro de valorizar o que vem de fora em detrimento da produção nacional. Há o fato também de que muitos jogadores não gostam do traço meio mangá que era colocado nas primeiras ilustrações de Tormenta, principalmente na época do lançamento onde havia uma “rixa” entra a galera do RPG e do mangá e anime. Hoje eu acho que isso já não é tão forte, mas ficou o ranço de não se divulgar tanto. Há que se considerar também que com o fim da Dragão Brasil, principal meio de divulgação do cenário, ele ficou sem a devida divulgação, até porque o cenário de fantasia medieval, apesar de forte ainda, começou a ter uma forte concorrência de outros cenários, como horror, FC, supers, etc.

    • Particularmente acho tormenta muito ruim, muito fantasioso e espetacular, rolou um tipo de trauma quando decidimos jogar Tormenta saindo de cenários mais pé no chão que éramos acostumados como Karameikos e Ravenloft.

      • Eu não posso falar muito, pois conheço pouco do cenário. Não curto muito cenários de fantasia medieval, a exceção, é claro, Game of Thrones, somente porquê sai um pouco do convencional deste tipo de cenário.

  2. Gostei muito da postagem, comprei o livro achei muito bom. Gostaria de informar que aventura O Casamento do Cavaleiro, não está mais disponível para download. Quanto a discussão dos jogos RPG Brasileiro, eles são muito bons. Tem uma galera alternativa fazendo jogos com temática nacional. Quem não se lembre do Desafio dos Bandeiras, um jogo Brasileiro e excelente.

  3. Ótimo artigo e links. Comprei a primeira impressão do básico editado pela Jambô. Gostei muito do sistema de criação de Casas! Pena que os termos usados na tradução não correspondem aos mesmos usados pela editora Leya na tradução dos romances. Enviei um e-mail aos editores da Jambô perguntando se seria possível utilizar os termos já consagrados em outras impressões, mas a resposta não foi muito positiva…

    • É, faltou sincronia entre as editoras para que os termos e nomes traduzidos nos romances e do RPG fossem os mesmo, até para não confundir os leitores, mas aqui é Brasil, né? Tudo é mais complicado e difícil.

  4. Sem dúvida GoT é a melhor série. Na última temporada eu amei, e fiquei emocionada para assistir Game of Thrones eu estava animado em todos os momentos, me desespero longa espera tanto tempo para ver o próximo, mas já próxima estreia, partilho horários e data de lançamento para esta nova etapa, tenho certeza de que, depois de Então, espere, Game of Thrones vai cumprir as nossas expectativas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s