Winter’s Teeth #2: Resenha.

Vampire The Masquerade: Winter's Teeth #2 (English Edition) - eBooks em  Inglês na Amazon.com.br

Por Otávio Tavares

Estamos trazendo a resenha sobre Winter ’s Teeth #2, revista em quadrinhos da Vault Comics sobre o universo do RPG Vampiro: A Máscara 5ª ed. Vamos resenhar sobre a segunda edição da revista, tentando não dar muito spoiller. Caso queiram conferir a resenha da primeira edição cliquem AQUI.

“Vocês sabem por que a mirra era um presente tão importante no mundo antigo?”

Esta é a primeira frase dita pela Príncipe Samantha Merrain. Bela, elegante, inspiradora, e muitas outras qualidades que podem ser atribuídas a ela. Em poucos quadros você compreende a personagem, como também o seu poder diante dos demais membros da Camarilla. Todos os primigênies reunidos para admirar a mais nova pintura das Cidades Gêmeas, que Samantha faz todos os anos para atualizar tudo que foi mudado nas cidades. Notamos que a ocasião se torna apenas um detalhe para a bajulação destinada a Príncipe. Note que esse tipo de comportamento também é presente nos jogos eletrônicos Coteries of NY e Shadows of NY, que aliás são verdadeiras obras primas em ambientação, mesmo o final do primeiro deixando a desejar.

Nesse momento ocorre a entrada de Cecily Bain e sua mais nova “criança”, Alejandra Deluna. A Brujah apresenta Alejandra para a Príncipe, que até ri e disfarça a falta de decoro da jovem vampira em respeito da figura que se trata Samantha. De algum modo, ela percebe que o sangue de Alejandra não é de uma simples criança, falando sempre de forma bem gentil. Vemos um clima até bem acolhedor, com todos sorrindo diante do discurso da Príncipe, que a Camarilla é a responsável por os cainitas ainda existirem, sob a propagação de suas Tradições. No meio dessas palavras doces, Samantha acaba falando que em casos de traição a própria Cecily teria a competência de destruir sua cria. Em poucas páginas, a história mostra exatamente como é o ambiente da Torre de Marfim: Sorrisos e elogios escondendo uma eterna tensão controlada por tradições que devem ser absolutamente respeitadas por aqueles com juízo, e obviamente quebradas por aqueles que conseguem fazê-lo sem serem vistos. A primeira tradição, a Máscara, pode ter sido originalmente direcionada aos mortais, mas é bem aplicável nas relações entre os próprios cainitas.

Saindo de lá, Cecily comenta o nome de cada um dos membros da Primigênie. Aqui podemos ver algo bem comum em mesas de vampiro: usar uma reunião no Elísio para apresentar os membros da cidade. Depois de tudo isso, ocorre algo inesperado: Alejandra acaba regurgitando todo o sangue que havia tomado, um detalhe importante dito por Cecily é que aquele sangue era de animais e bolsas de sangue. É admirável como a revista aplica as ideias do livro base de forma tão natural, servindo perfeitamente como um guia de cenário para narradores. Regras e conceitos são facilmente identificáveis para quem leu o V5: Tradições, Potência de Sangue, Primigênie, Geração, Camarilla, Anarquistas, entre outras que são aplicadas no decorrer de toda a história.

Seguindo, outra temática é demonstrada: a caça! Devido ao sangue regurgitado, Cecily decide ensinar Alejandra a se alimentar de pessoas. Ela escolhe um alvo, alguém que muitos consideramos passível de “ser uma presa a ser abatida”. Porém, mais uma vez, digo e repito: isso é Mundo das Trevas e nada é tão simples quanto parece. Após a caçada, Cecily recebe uma ligação, o que é curioso já que no V5 a Camarilla executou um ordem de proibir qualquer tipo de comunicação tecnológica, onde a senhorita Erin Runningbear chama Cecily para mais um serviço próprio para a “Bota Suja” de Samantha.

REVIEW: Vampire: The Masquerade – Winter's Teeth #3 | Grimdark Magazine

A segunda parte da revista, que fala sobre os contos do grupo de anarquistas de Colleen, começa mostrando sobre como ocorreu o abraço de seu marido, Mitch. Aqui algumas pessoas finalmente podem ficar felizes por ver sua seita favorita ser citada, já que foi deixada de lado nesse início do V5: o Sabá. Vimos que Mitch foi um cara que estava na hora errada e no lugar errado. Acabou sendo “convidado” para um abraço em massa. Nunca fui muito fã de jogar com o Sabá, mas até eu sinto falta de seu ponto de vista no jogo. Então vê-los presentes na revista, mesmo como uma singela memória, dá uma certa satisfação. Depois disso temos uma conversa interessante entre Mitch e Colleen. Podemos ver que o sentimento em relação a maldição é diferente entre um vampiro tradicional e um Sangue-Fraco. Vemos Colleen cobrando um pouco mais de responsabilidade de Mitch, e ele dizendo a ela que é fácil falar isso quando ainda se pode ver o Sol. Os dois são amaldiçoados, de formas diferentes, e podemos notar que talvez esse seja o início de toda a Jyhad: um achar que o outro está errado devido a essas diferenças. Depois de toda esta discussão, Colleen vai até Priscilla e King, sendo alertada que logo eles deveriam partir dali. Porém, a conversa é interrompida e temos a apresentação do novo e mais importante antagonista do jogo: a Segunda Inquisição.

Como prometido pelos editores da revista sempre ao final de cada edição é disponibilizado material de apoio para narradores usarem em suas campanhas. Na primeira edição vieram as ficha das personagens Cecily e Colleen. Dessa vez foram as Loresheets das cidades gêmas, Minneapolis e St. Paul, além de ficha de personagem em branco. Ao que parece a revista ira acabar sendo um suplemento para esta cidade em particular. Vamos aguardar as próximas e ver as novidades que nos aguardam. Esta segunda edição está R$7,90 no site da Amazon para Kindle e US$3,99 no Drivethrurpg em PDF. Espero que tenham gostado e até a próxima 😃.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s