A Torre Negra Para Mago: O Despertar.

Resultado de imagem para mago o despertar velhinho do rpg

Imagem relacionadaUm dos grandes sucessos literários dos últimos tempos é a mega saga “A Torre Negra” escrita pelo mestre do horror, Stephen King. Misturando alta fantasia, faroeste, ficção científica e terror a série começou a ser escrita em 1982 quando foi publicado o primeiro livro intitulado “O Pistoleiro”. Depois foram publicados mais sete livros ao longo de 30 anos(!) sendo o último publicado em 2012, intitulado “O Vento pela fechadura”. A saga é cheia de referências a Tolkien, ao poema Childe Roland à Torre Negra Chegou de Robert Browning, as lendas arturianas, e recheada de referências a cultura pop.

É justamente a alta fantasia presente na obra, além das referências ao mundo de Tolkien e das lendas arturianas, que me atraiu em juntar a ideia da Torre Negra com Mago: O Despertar, porque no cenário deste RPG os Magos viajam até uma das cinco torres existentes no Mundo Superno e despertam para a magia. Visto isso, percebi e imaginei que dá muito samba juntar os dois. Vamos à algumas ideias de como usar a Torre Negra em Mago; O Despertar. Mas antes vamos entender alguns aspectos do mundo imaginado por Stephen King.

O MUNDO DA TORRE NEGRA

É inevitável ao ler sobre a criação do mundo imaginado por King e não perceber várias semelhanças que existem na mitologia das Crônicas das Trevas. Existem coisas que nos lembram Lobisomem: Os Destituídos, por exemplo, e Changeling: Os Perdidos, e um narrador mais experiente poderia muito bem usar um destes cenários com o da Torre Negra. Quem sabe um outro dia eu não faço?

Imagem relacionada

Segundo o livro no início de tudo não existiam nem mundos, nem universos, só existia a magia que fervilhava em forma bruta no Primal. Então Gan, o espírito da Torre Negra, emergiu e fez surgir o Mundo Médio. Conforme ele crescia em altura o Mundo Médio se dividiu em vários mundos paralelos, os quais Gan uniu ao redor do eixo do seu corpo, que tomou a forma de uma enorme Torre Negra, e com seu movimento criou o tempo. Em seguida começaram a surgir o primeiros deuses, e junto com eles criaturas terríveis surgiram no Primal. Alguns eram monstros enormes, com corpos de lulas e polvo (Mitos do Cthulhu?), outro aparentavam Aranhas Gigantes (Azlu, a Aranha, dos Destituídos?), e outros tinham corpos que pareciam centopeias. Eles tinham bocas enormes, como bocas de tubarão, e todos tinham fome.

Entretanto o Primal começou a recuar e muitos desses monstros morreram, mas outros se esconderam na escuridão entre os mundos e ficaram ali esperando. Enquanto isso outros demônios menores surgiram, sobreviveram ao recuo do Primal, e se adaptaram. Alguns desses demônios pareciam com os homens, mas não eram humanos. Entre eles existia um que se chamava Merlin. Apesar de se parecer com um velho de barba branca ele era uma criatura de magia bruta. E assim como a força do caos que o fez surgir, ele não queria ordem nem estabilidade. Ela só queria saber de destruição.

Apresentando-se como um mago poderoso ele ensinou a magia aos homens, e os fez aprender sobre a origem do universo e como transitar entre os mundos. Ensinou como unir magia e tecnologia, e como viajar no tempo. Mas para isso era necessário destruir a Torre Negra que estava no centro do Mundo Médio. Tão logo os trabalhadores começaram a lançar feixemotos contra ela uma rachadura se formou no chão, e de dentro dela monstros e criaturas que aguardavam na escuridão saíram e começaram a atacar os homens. Por todo Mundo Médio surgiram demônios, reinos se desfizeram, e a guerra veio para todos. Merlin estava agora satisfeito.

Mas a Torre Negra sobreviveu, Gan a endireitou, e fez com que os monstros recuassem novamente para a escuridão. No Mundo Médio reinos, clãs e baronatos fizeram tratados de paz. O mundo começou a se curar. Nesse momento um jovem guerreiro começou a se tornar conhecido por sua habilidade em batalha e por inspirar confiança entre seus companheiros. E embora levasse uma espada em sua cintura era o uso de uma nova arma, chamada de revólver, que fez o guerreiro derrotar todo o mal e expulsar a magia caótica do Mundo Médio. Seu nome era Arthur Eld, e o centro do seu reino passou a ser a cidade de Gilead.

A PROFECIA

Como todo bom enredo existe também em A Torre Negra uma profecia. Ela diz que a prole da Rainha Rubra, um demônio em forma de aranha que enganou Arthur e com ele teve um filho, iria prosperar espalhando o caos entre os mundos, mas um dia um descendente humano iria surgir e perseguiria os servos do Primal em todos os mundos. Seu nome seria Roland Deschain, e como o último campeão da Torre Negra ele destruiria as trevas, ou então ele seria derrotado e a Rainha Rubra reinaria no poder do Primal por toda eternidade.

E O FILME?

Esqueça o filme. O próprio Stephen King se sentiu decepcionado com o resultado final da adaptação para a telonas, e o filme foi um grande fracasso de bilheteria. Segundo King, houve dois grandes erros: tentar encaixar uma história construída ao longo de 15 anos, 7 livros, vários personagens, em apenas um filme, e fazer a adaptação ser própria para maiores de 12 anos, sendo que a obra literária é extremamente pesada e violenta.

O principal desafio era fazer um filme baseado numa série de livros extremamente longa, com cerca de 3 mil páginas. A outra parte foi a decisão de tornar a adaptação cinematográfica com a classificação indicativa de 12 anos, de livros que são extremamente pesados e lidam com comportamentos violentos de modo bem gráfico. Isso foi algo que precisava ser superado, embora eu tenha que dizer, Akiva Goldsman [o roteirista do filme] fez um trabalho incrível em pegar uma parte central do livro e transformar em um bom filme.

O filme apenas raspa na superfície de toda a história de A Torre Negra, e vários elementos importantes na trama são desconsiderados.

E OS QUADRINHOS?

Quem não tem paciência de ler o 7 livros e as 3 mil páginas da saga da Torre Negra pode tentar encontrar os quadrinhos que foram publicados no Brasil pela Panini Comics em 2012.

JOGANDO EM MAGO: O DESPERTAR

Como encaixar a história da Torre Negra em Mago: O Despertar? Bom, podemos fazer de várias maneiras, mas a primeira coisa que o narrador tem que lembrar é que a história é dele, e portanto ele pode mudar o que quiser. Desta modo ao invés da magia ter surgido da maneira que está descrita no livro básico de Mago pode ser como narrada no livro da Torre Negra, sendo Merlin o responsável por trazê-la ao nosso mundo.

Até mesmo pode haver uma dúvida entre os magos sobre a origem verdadeira da magia, sendo a história da oposição entre Exarcas e Oráculos, e a história de Atlântida, apenas uma lenda, ou então uma maneira diferente de contar a história real, sendo os Exarcas a prole da Rainha Rubra, os Oráculos seriam os Guardiões, forças mágicas-espirituais que protegiam o Povo Antigo, e Atlântida a cidade de Gilead.

O Mundo Médio poderia ser o Mundo Decaído e o Primal seria o Abismo, de onde saem monstros que desejam nos devorar. As bordas do Primal poderiam ser o Reino das Sombras, onde demônios e outras criaturas rompem o dromo para vir ao Mundo Material.

Então vamos ver as sugestões de histórias e campanhas para usar com esse rico material. Vejamos algumas:

A Sexta Torre – E se a Torre Negra fosse a mítica sexta torre que falam algumas lendas? Ela seria a Torre que criou as outras cinco e enquanto ela estiver de pé as outras também ficarão, sempre atraindo pessoas com o dom de despertar e os enviando para as outras torres conforme ela acredita ser a senda de cada um. Os Exarcas podem querer que ela seja destruída para que ninguém mais possa despertar, já que com sua destruição as demais também ruiriam. Um mago a mando dos Exarcas, conhecido como “O Homem de Preto“, tem a missão de destruí-la. Ele vem usando uma magia poderosa, que usa o poder de criaturas do Abismo, para enviar feixemotos contra a Torre, e essa magia usa a morte de magos para liberar a mana deles e usar como uma arma. Entretanto não é qualquer mago que pode ser usado dessa forma, mas apenas aqueles que sonham com a Torre Negra, ou lembram de passar por ela antes de ir para a Torre de sua senda. A cabala dos jogadores pode ser formadas por magos assim, e eles deverão se proteger da caçada do Homem de Preto.

Resultado de imagem para a torre negra

O temido Homem de Preto.

A Profecia – Os jogadores podem ficar sabendo sobre a profecia que um desperto será o responsável por derrotar a Rainha Rubra e impedir que o Abismo continue a se expandir, mas caso ele seja morto a Rainha Rubra conseguiria espalhar o caos e a destruição em nosso mundo. Os jogadores partem então em busca desse desperto ao mesmo tempo que as criaturas do Abismo tentam também encontra-lo. A Rainha Rubra pode ser Azlu, a Aranha, e seus filhos podem ser as Hostes. Eles se misturam no meio de nós usando vestes humanas de pessoas que eles devoram e usam a pele de seus corpos. Seus objetivos são devorar o dromo e trazer outras criaturas para nosso mundo.

Resultado de imagem para a torre negra quadrinhosO Revólver – A famosa arma de Arthur Eld é um artefato mágico poderoso, capaz de derrotar qualquer criatura saída do Abismo. A procura por este artefato pode fazer os jogadores saírem em busca de encontrá-lo até mesmo em outros mundos. Merlin em pessoa pode tentar impedir que achem a arma, já que ela pode fazer a balança pender para o lado dos homens.

Dou como sugestão usar as estatísticas das criaturas do livro de Lobisomem: Os Destituídos como oponentes para os jogadores enfrentarem. As criaturas descritas ali estão mais próximas das criaturas descritas nos livros da saga, lembrando apenas de adaptar suas motivações para as das criaturas do livro da Torre Negra. Até mesmo algumas criaturas de de Changeling: Os Perdidos caem bem.

Espero que tenham gostado e façam bom uso das ideias. Ainda irei dar mais ideias e mais informações a respeito da mitologia da Torre Negra, então aguardem. Qualquer dúvida deixem perguntas abaixo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s