H.P. Lovecraft Faz 128 Anos.

Chamado de Cthulhu logo quadrado

Hoje, 20 de agosto, é aniversário do nascimento do mestre do horror cósmico, H.P. Lovecraft, conhecido pelos seus escritos que mais tarde foram agrupadas no que foram chamados de Cthulhu Mythos.

Nascido em 1890, em Providence, Rhode Island, Howard Philips Lovecraft acreditava que a vida era algo incompreensível para o homem, e o universo um grande mistério, podendo ser extremamente hostil para a humanidade, por isso sua fixação pelo cosmos e criaturas que poderiam habitá-lo em lugares distantes do alcance do homem. Ele chamava seu estilo literário de “cosmicismo“, mas infelizmente durante dua vida, que terminou em 1937, teve poucos leitores, fato que anos após a sua morte se modificou completamente, conquistando uma legião de fãs que não param de crescer até os dias de hoje.

51danz92bkel-_sx384_bo1204203200_No RPG temos duas grandes contribuições de suas obras que foram descritas nos livros Chamado de Cthulhu, publicado no Brasil em português pela extinta editora Terra Incógnita, e Rastro de Cthulhu, da Retropunk Publicações. Ambos sistemas trazem para as mesas os personagens e as criaturas descritas em seus livros. Mas não são somente eles que exploraram os Mythos em jogos de RPG.

Em GURPS, no suplemento GURPS HORROR, temos “As Coisas que o Homem Não Deveria Saber que Existem“, que nada mais são os Mythos de Cthulhu com outro nome devido a direitos autorais. São descritas algumas criaturas e dadas ideias para aventuras usando seus cultistas. No RPG Witchcraft eles são chamado de Mad Gods e são os principais adversários dos heróis deste cenário, que tentam evitar a entrada dessas criaturas em nosso mundo para impedir aquilo que no jogo é chamado de “Tempo de Ajuste de Contas“, e que pode levar a humanidade a extinção. Essas criaturas e seus servos humanos provocam todo tipo de caos no mundo. Em uma das minhas campanhas de RPG a quase entrada desta criatura em nosso mundo criou uma área de anti-energia no Bronx que fez com que o governo proibisse as pessoas habitarem a região, dando a explicação “oficial” que antigos encanamentos de gás estariam vazando e poderiam provocar explosões.

Até no Mundo das Trevas, agora batizado de Crônicas das Trevas, eles fazem sua aparição. No suplemento Second Sight é mostrado grupo de cultistas e pessoas que entram em comunhão com essas criaturas e podem ganhar alguns de seus poderes. Sobre esse suplemento eu já fiz um artigo que pode ser lido AQUI.

Também nos jogos de tabuleiro existem vários jogos que exploram o universo criado por H.P. Lovecrat, como Arkham Horror, que vai ganhar uma nova edição, Eldritch Horror, o meu preferido, Elder Sign, Cthulhu Wars, Pandemic Cthulhu além de muitos outros de cartas e dados. O universo de de criaturas cósmicas de Lovecraft não morreu e está mais vido do que nunca, principalmente depois que caiu em domínio público e qualquer um pode hoje em dia publicar material sobre ele.

Para comemorar este dia que tal jogar Chamado de Cthulhu, ou Rastro, com os amigos? Para quem está sem inspiração visite nossa aba de downloads dos sistemas no menu acima e baixe material gratuito par ambos os RPGs, ou então visite a página do Drive Thru RPG, faça seu cadastro e baixe material gratuito, inclusive de aventuras prontas, publicadas pela ChaosiumPellgrane Press, ambas editoras dos jogos do universo de Lovecraft lá fora (clique nos links para acessar o material). Há possibilidade também de pagar por material com valor de menos de $5 dólares. Então aproveite e fique louco jogando hoje e comemorando o aniversário do nosso mestre do terror cósmico!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s