Drácula E Suas Origens.

Dracula-A-Historia-Nunca-Contada-poster-br

Por Michael “Myers” Pratti.

Luke-Evans-in-Dracula-Untold-932x524

Vlad Tepes, o Drácula.

Vlad Tepes (Vlad III), nasceu em 1431 e governou o território que corresponde à atual Romênia (que na época estava dividida entre o mundo cristão e o mundo muçulmano). Vlad III ficou conhecido pela perversidade com que tratava seus inimigos. Embora não fosse um vampiro, sua crueldade alimentava o imaginário de modo que logo passou para o conhecimento popular como um vampiro.

O pai de Vlad III, Vlad II, era membro de uma sociedade cristã romana (de Roma) chamada Ordem do Dragão, criada por nobres da região para defender o território da invasão dos turcos otomanos. Por isso Vlad II era chamado de Dracul (dragão), e, por consequência, seu filho passou a ser chamado Draculea (filho do dragão). Porém, “dracul” também significava “diabo”, que foi aplicado aos membros da família Draculea por seus inimigos e possivelmente também por camponeses supersticiosos.

Com esta premissa, Matt Sazama e Burk Sharpless escreveram roteiro de mais uma origem para o Vampiro mais famoso e monstro que mais apareceu na mídia com Drácula: A História Nunca Contada. A trama gira em torno de Vlad Tapes (Luke Evans) como o príncipe da Transilvânia assombrada pelo exercito turco e a exigência de uma convocação em massa de soldados jovens, o que inclui seu filho, pelo sultão Mehmed (Dominic Cooper). Com isso, Vlad se vê obrigado a “vender” a sua alma, em troca do poder que pode salvar sua família e seu país.

Este é o primeiro filme solo de Drácula de grande orçamento, produzido por Hollywood e lançado cinematograficamente em quase 14 anos desde Drácula 2000 (com Gerad Buttler). A priori, Drácula Ano Zero (como seria chamado) teve Sam Worthington escalado como protagonista. Confesso que desanimei só de saber que Evans seria o Drácula, assim como me preocupei quando Peter Jackson o escalou como Bard para contar a saga do Hobbit. Porém até que não foi tão decepcionante, principalmente para as intenções do diretor Gary Shore, que tenta humanizar o “monstro empalador”, notoriamente conhecido por ser cruel com suas vítimas, explorando o amor pelo seu povo e principalmente por sua família. O carisma mediano de Evans ajuda nesta triste missão.

20141023181145189933i

Charles Dance, que interpreta Tywin Lannister em “Game of Thrones” irreconhecível pela maquiagem.

“Às vezes o mundo não precisa de outro herói. Às vezes precisa de um monstro”. Este assunto tem sido alvo de Hollywood ultimamente, como em Malévola ou Frankenstein: Entre Anjos e Demônios, tentando (sem necessidade) explicar as atitudes do vilão e tentando torná-lo um herói. Mas o filme não é tão brega como parece. A fotografia que ambienta bem o filme e tenta manter um clima de horror. Charles Dance (Game of Thrones) se salva no filme interpretando Calígula (Este sim traz o ar sombrio do Conde Drácula). E tem algumas cenas bem bacanas, como a revoada de morcegos, por exemplo. Você até sente o cheiro de um épico de horror, mas o roteiro é cheio de furos e corrido. O restante do elenco não ajuda. Dominic Cooper (Capitão America) não soma nada à película e a sem sal Sarah Gadon (Cosmopolis) passa despercebida.

Em Drácula: A História nunca contada faltou sangue (propositalmente tentando baixar a censura), faltou o verdadeiro terror do personagem (perfeito em Drácula de Bram Stoker) e também faltou o erotismo e a tentação (muito bem explorada em Entrevista com o Vampiro de Anne Rice). O filme prende pouco, mas é divertido, dá pra ver. Que tal ver o filme pra entrar no clima e encarar um Role Playing de Vampiro: A Idade das Trevas?

 dracula_6 Drácula: A História nunca contada

Dracula Untold

★★★

EUA, 2014 – 92 min. – 14 anos

Direção: Gary Shore

Elenco: Luke Evans, Sarah Gadon, Dominic Cooper e Charles Dance

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s