Crise De Identidade.

timthumb

Por Michael “Myers” Pratti.

CRISE DE IDENTIDADE

★★★★★

DC / Panini – EUA, 2004

Roteiro: Brad Meltzer

Desenhistas: Rag Morales e Michael Blair

capa-mole-crise_baixa

A capa da edição nacional.

Crise de Identidade foi lançada 2004 nos EUA pela DC Comics como uma mini-série em sete edições escrita por Brad Meltzer (Os Milionários e O Livro do Destino) com desenhos de Rags Morales e Michael Bair. A HQ ficou no Top 10 dos mais vendidos por vários meses. Em 2007, a Panini lançou aqui no Brasil os lindos encadernados em capa dura e capa cartonada com um tratamento caprichado, ambas com miolo em papel LWC.  Além do prefácio de Joss Wedon (Os Vingadores) estas edições contam com extras incríveis, como galeria de capas alternativas, uma análise detalhada dou autores em cima da obra e até um guia mostrando as referências para cada um dos personagens.

A história gira em torno do assassinato da bem-humorada e queridíssima Sue Dibny, mulher de Ralph Dibny (o Homem Elástico). Para quem não sabe, Homem Elástico é um dos poucos personagens da DC que tem sua identidade conhecida (e que você se apaixonará após ler esta história). A tragédia causa comoção pública e entre os super-heróis, pois um ente querido de um super-herói foi assassinado. Tudo indica que o autor conhece as identidades secretas, as máscaras não protegem os heróis e sim seus entes queridos. A partir do momento que alguém descobre a identidade secreta do herói, quem garantirá a segurança deles e de seus próximos? E é com este clima de mistério que esta série segue. Quem será o próximo?

10799419_10202257788081108_1093041901_n

Os maiores heróis da DC em crise.

Na história é mencionado o caso em que a Sociedade Secreta dos Supervilões (Mago, Homem Florônico, Safira Estrela, Flash Reverso e Arrasa-Quarteirão) capturaram membros da Liga (SupermanBatman, Flash (Barry Allen), Lanterna Verde (Hal Jordan), Zatana e Canário Negro) e trocaram de corpos com os heróis, o que obviamente fizera com que descobrissem as identidades secretas dos mesmos. No arco normal, isso não trouxe consequências, mas com o “retcon” (nome dado à inserção de informações no passado dos personagens), foi revelado que suas mentes foram apagadas por Zatana. Com Dr. Luz foi pior, pois Zatana fez uma espécie de “lobotomia mágica” que mudou a personalidade do vilão, após ser pego em flagrante cometendo um ato hediondo contra Sue Digby. Isso gerou uma grande discussão sobre ética super-heróica e até onde é preciso ir para proteger aqueles que se ama e qual o verdadeiro peso de se usar uma máscara.

Com a morte de Sue, os heróis que se envolveram no incidente do Dr. Luz (Gavião Negro, Arqueiro Verde, Átomo, Zatana e Canário Negro) se reúnem para caçá-lo junto com o Homem Elástico e vingar a morte de Sue, visto que se tornou o principal suspeito do assassinato. Flash e Lanterna Verde, agora como Wally West e Kyle Rayner desconfiam do comportamento suspeito dos heróis e acabam descobrindo o tenebroso passado, juntando-se a eles nesta missão.

Mas não se engane que a ausência dos maiores super-heróis da DC na trama principal empobrece a HQ, pelo contrário. Meltzer explora diversos núcleos do Universo DC, que são retratados com um realismo quase sem paralelo dentro das histórias que se passam dentro da continuidade principal da editora. Há todo um carinho com aqueles personagens relegados ao segundo plano. Ele não só mostra as relações dos heróis entre seus pares e seus entes queridos como também nos leva para dentro do mundo dos vilões, dando-os personalidades e motivações únicas.

10811463_10202257789561145_1670444041_n

Perdas e lamentações.

Com o passar do tempo, outros atentados e ameaças a entes queridos de super-heróis, gerando desespero entre eles. As investigações se intensificam, Superman e Batman focados, vilões em euforia, pais, filhos, esposas com medo. O que acontecerá? São quase 200 páginas de dramaticidade, investigações desenfreadas, reviravoltas histórias densas juntados a um lado humanizado dos heróis que elevam esta história densa e profunda ao mais alto patamar da DC, se tornando mais um clássico moderno da editora. Uma obra-prima da história dos quadrinhos que mostra o quão atual os super-heróis da DC podem e devem ser. Não é uma aventura sobre Batman, Superman e Cia e sim um suspense sobre a intimidade por traz das máscaras. Uma história que não sairá da cabeça dos leitores e dos nossos heróis, bom, pelo menos de alguns deles.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Crise De Identidade.

  1. Legal resgatar essa saga. Foi uma boa aposta da DC em um texto mais adulto, tratando de crimes comuns, que afetam tanto gente normal, quanto super-heróis.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s