Conheçam “Os Leões De Bagdá”.

banner-leoes-de-bagda1

Os Leões de Bagdá.

Por Michael “Myers” Pratti

leoes

Os leões da HQ.

“Os Leões de Bagdá” (no original, “Pride of Baghdad”) é uma graphic novel publicada pela DC Comics, através de seu selo Vertigo, em setembro de 2006. Em sua trama aborda uma versão fantasiosa de eventos que verdadeiramente transcorreram durante a invasão do Iraque em 2003, quando quatro leões escaparam do Zoológico de Bagdá. Os Leões de Bagdá é uma daquelas HQs que nunca sairão da tua cabeça. Brian K. Vaughan (o mesmo criador de “Y: O Último Homem”, “Ex Machina”) faz um trabalho primoroso contando a história dos quatro leões construindo aos poucos a personalidade de cada um, e concluindo de forma magistral.

Zill é o alpha da alcatéia. Gosta da vida que tem no zoológico e tenta levar a vida com seu filhote Ali, jovem porém sangue selvagem nas veias, e com a caçadora Noor. Esta por sua vez é uma destemida caçadora que sonha com a liberdade e vê a chance de realizar seu sonho com um ataque aéreo que acontece na cidade. Completando a alcatéia temos Safa, a anciã do grupo. Carrega um trauma e prefere o conforto dado pelos tratadores a arriscar o resto de sua vida fora do zoológico. A alcatéia encontra vários desafios pelo caminho. Entre eles está Jafer. Um urso que, segundo Vaughan, foi inspirado no em Uday Hussein, filho de Saddam Hussein, que tinha um urso de estimação em sua mansão.

A arte é incrível. Niko Henrichon (“Sandman” e “Fábulas”) usa cores que deixam o clima do deserto da região latente e transporta todo o roteiro de Vaughan a outro nível com seus traços marcantes. “Os Leões de Bagdá” é inspirada na história real de quatro leões encontrados famintos pelos soldados americanos durante uma invasão em Bagdá. É uma fábula reflexiva e emocionante. Não deixem de ler.

Leões de Bagdá pág. 8

Zill, o líder.

Como sugestão do Velhinho que tal transformar essa história em uma sessão de RPG? Poderiam muito bem serem construídos personagens em “Savage Worlds“, “The Shotgun Diaries” (dê as fichas de sobrevivente forte para Zill, do sobrevivente furtivo para Noor, sobrevivente astuto para Safa, e sobrevivente indefeso para Ali), ou em GURPS. Seria bem diferente do que os jogadores estão acostumados a jogar, e por isso seria um desafio bem interessante para uma sessão one-shot.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s