“In The Lab”: Conheçam A Nova Expansão De “Pandemic”.

images (2)

Por Marcelo Groo.

Pandemic.

Pandemic.

In The Lab é a última expansão lançada para o Pandemic, e como estão sempre me perguntando se ela é boa, como ela é, etc, é dela que eu vou falar aqui. Mas antes não custa apresentar rapidamente o Pandemic, caso alguém ainda não o conheça… (sério??? )

Criado em 2008 pelo game designer Matt Leacock (o mesmo de Forbidden Island e Forbidden Desert), o Pandemic já é um clássico, um dos jogos cooperativos mais vendidos no mundo. E quem já curtia Pandemic chorou (ah, como chorou…) quando o jogo foi todo reeditado em 2013, com nova arte do ilustrador Chris Quilliams, novo tabuleiro e novos componentes. Choros de alegria pelo jogo todo novinho em folha, e choros de tristeza pelo novo rombo nas finanças. A temática do Pandemic gira em torno de epidemias de doenças que vão espalhando-se pelo mundo, onde os jogadores assumem os papéis de profissionais da área médica (cientistas, médicos, pesquisadores, etc) que tem como objetivo manter as epidemias sob controle e descobrir a cura para as doenças.

pandemic02

Tabuleiro de Pandemic.

A primeira expansão lançada para o Pandemic foi a On The Brink, em 2009 (também reeditada em 2013), trazendo diversos módulos que podem ser incorporados ao jogo. Os módulos incluem mais personagens, doenças mutantes, cartas de epidemia com efeitos diversos (as Virulent Strain), modo de jogo com bioterrorista, etc. Esse formato de “módulos” é bastante engenhoso, já que você pode acrescentar todos de uma vez ou apenas alguns, de acordo com a sua preferência e dificuldade que queira imprimir ao jogo.

E se a On The Brink já era uma excelente expansão (praticamente obrigatória), a In The Lab não deixou nada a desejar (igualmente obrigatória, para o azar dos nossos bolsos… ). Lançada junto com as reedições de 2013, a In The Lab utiliza o mesmo esquema de módulos, trazendo um modo de jogo competitivo (dois times, um contra o outro), um modo de jogo solo, e inovando com o modo de jogo Lab Challenge, que possui um novo tabuleiro (o Laboratório) e altera bastante as estratégias do jogo! Eu precisaria de três reviews para falar de cada um dos novos modos de jogo da In The Lab… =| Portanto, falarei apenas do Lab Challenge aqui, já que ele mantém o modo cooperativo do jogo base e, sem dúvida, é o módulo que mais altera a forma de se jogar Pandemic.

Ao utilizar o módulo Lab Challenge, os jogadores terão que enviar amostras das doenças para o laboratório, caracterizar e sequenciar estas amostras, para só então testarem a cura e erradicarem a doença. Este processo pode ser realizado em duas doenças simultaneamente, mas o objetivo do jogo permanece o mesmo: encontrar a cura para todas as 4 doenças. Complicado, né? Pois é, curar as doenças ficou mais difícil, mas depois de aprendidas as regras a jogabilidade é bem tranquila, quase intuitiva. A coisa funciona assim: qualquer jogador que esteja no mesmo espaço que um Research Station (as casinhas de madeira) pode gastar suas ações no laboratório. O primeiro passo é caracterizar a doença para a qual você está buscando a cura, e o segundo passo é efetivamente encontrar a cura para a mesma.

Caracterizando a Doença:

In the Lab.

In the Lab.

Uma das ações possíveis no laboratório é revelar uma Sequence Card. Cada Sequence Card informa a cor da doença que poderá curar (havendo mais de uma cor na carta, você poderá escolher uma delas) e a quantidade de cubinhos necessários (sobre a carta) para que a doença seja curada. Portanto, o objetivo do jogo passa a ser “completar” as Sequence Cards do laboratório (uma da cor de cada doença). A segunda ação possível é justamente Caracterizar a doença que você quer curar, baixando uma carta da sua mão ao lado da Sequence Card. Se esta só permitir curar um tipo de doença você deve baixar uma carta da cor da respectiva doença, e se permitir curar mais de um tipo você é quem define qual delas será, de acordo com a cor da carta que baixar. Ok, agora você já sabe quais curas estão sendo pesquisadas no laboratório (por exemplo, a azul na primeira Sequence Card, e a vermelha na segunda Sequence Card), só falta colocar os cubinhos exigidos pelas sequence cards para que as doenças sejam curadas.

Curando a Doença:

Uma das novas profissões.

Uma das novas profissões.

É aqui que reside toda a nova estratégia da In The Lab. Sempre que um jogador elimina um cubinho do tabuleiro, ele tem a opção de mandá-lo para o estoque ou para o laboratório (decisão nem sempre muito fácil… lembre-se que se faltarem cubinhos no estoque o jogo acaba). Os cubinhos enviados para o laboratório vão acumulando-se no Sample Dish (o primeiro espaço), e poderão ser movidos até chegarem à Sequence Card, sempre gastando-se 1 ação por movimento. As opções de movimento são: do Sample Dish para a Centrifuge (move todos os cubos de 1 cor e retorna os demais para o estoque), do Sample Dish para o Separator (move 1 cubo de cada cor e retorna os demais para o estoque), de um desses dois espaços (Centrifuge ou Separator) para o Growth (duplica os cubos movidos) ou diretamente para uma das Sequence Cards (passar pelo Growth é opcional). E é isso, quando uma Sequence Card estiver completa, com todos os cubinhos requisitados sobre ela, a doença é curada.

Eu não sei se deu para sacar, mas a estratégia básica do Pandemic é completamente alterada por todo esse planejamento… Quem ficará controlando as doenças no tabuleiro e quem ficará agilizando as curas no laboratório? Quais Sequence Cards escolher?? Quais cubos mandar para cada espaço do laboratório???

Se antes a maior preocupação dos jogadores era marcar encontros em determinados locais para trocarem cartas entre si, agora são as ações do laboratório o principal foco do jogo… A coisa muda tanto, mas TANTO, que na última partida que jogamos não houve sequer uma troca de cartas entre os jogadores! E isso sem nem falar no grande aumento da importância das Research Stations no jogo, e na radical mudança de estratégia dos Role cards tradicionais…

Enfim, para quem curte Pandemic mas já está um pouco cansado da jogabilidade e estratégias do jogo base, a In The Lab é obrigatória: vai renovar completamente a sua experiência com o jogo. Pode comprar, sem medo!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s