Shadows Over Filmland – O Terror Clássico Bate à Porta dos Mythos.

Por Gustavo Tenório.

Embora tenha algumas reservas em relação ao sistema Gumshoe, é inegável a qualidade dos materiais produzidos e editados pela Pelgrane Press (e trazidos para o Brasil pela Retropunk Game Design). Um excelente exemplo é o livro “Shadows over Filmland”, que apresenta adaptações de criaturas e elementos de filmes de terror dos anos 30 e 40 para mestres e jogadores incluírem em suas campanhas de Rastro de Cthulhu.

1376033_528078793937500_4252600_nKenneth Hite e Robin D. Laws se juntam para escrever 12 cenários onde transportam elementos clássicos de terror como a Múmia, Drácula, Lobisomem, Monstro da Lagoa, Homem-invisível, Casas Mal-assombradas, entre outros, sob a ótica dos Mitos de Cthulhu. A introdução do livro é uma primorosa pesquisa comparando a filmografia das décadas de 30 e 40 e o trabalho de H.P.Lovecraft.

É curioso saber que Lovecraft assistia aos filmes de terror da época e que reagia com certo desdém ao efeito proporcionado pela conversão de textos de horror, como Frankenstein, para as telas dos cinemas. Mais interessante ainda é ver como, paralelamente, estes mesmo elementos foram incorporados aos Mitos de Cthulhu, embora com uma visão muito particular por parte do escritor americano.

Alguns fatores psicológicos presentes nos filmes clássicos de terror e na obra de Lovecraft mereceram uma avaliação mais atenta e podem ajudar os mestres na adaptação de outros elementos não encontrados em “Shadows over Filmland” ou na criação do clima adequado para as aventuras.

Hite e Laws criaram para o livro uma versão mais dark da Europa, que eles apelidaram de “Backlot Gothic”, usando como base as referências contidas nos filmes de terror. Isso possibilita também a utilização das aventuras na Era Vitoriana, com um pouco de trabalho do mestre. A temática é mais pulp, embora alguns dos cenários encaixem melhor em um jogo purista.

Os cenários

1379036_528078797270833_1073070463_nShadows over Filmland” traz 12 cenários que podem ser jogados sozinhos, entre aventuras, ou, o mais interessante, como parte de uma grande campanha. Os autores sugerem que DVD’s podem ser utilizados como parte do processo de imersão dos jogadores que não estão acostumados com o ritmo e a falta de cor dos filmes. Cada abertura de capítulo apresenta um trecho de um livro de Lovecraft que tem aproximação com a “criatura” adaptada.

A primeira aventura é “Death Across The Nile”, que acompanha uma expedição arqueológica no Egito e a descoberta de uma Múmia. Os personagens conseguirão deter a ameaça centenária?

O segundo texto é “White Bokor” e apresenta o Vodu e um culto que tem transformado pessoas em zumbis. Vários elementos da cultura haitiana são descritos e os personagens tem um encontro inevitável com um Bokor, sacerdote responsável por toda a maldição.

Dr. Grave Dust” é a adaptação do clássico filme de cientista louco. A terceira aventura traz o esterótipo de Victor Frankenstein (ou de Herbert West) e seu laboratório repleto de substâncias químicas que são utilizadas para subverter os padrões éticos da medicina e ciência. Mais uma vez, cabe aos personagens deter o vilão.

Em “Dreams of Dracula”, os personagens são obrigados a confrontar Drácula e impedir que ele transforme os moradores de Londres em novos vampiros.

The Green Ape” é a aventura numa ilha, provavelmente africana, onde seres pré-históricos podem ser encontrados, além de uma tribo muito peculiar. A ameaça é um enorme Gorila Verde que esconde um segredo que deve assustar muitos jogadores.

A sexta aventura é “The Lord of the Jungle”, a mais pulp de todo o livro. Os jogadores devem entrar um uma floresta nunca antes desbravada e descobrir os segredos de uma civilização perdida.

The Night I Died”, a sétima aventura, é um caso de investigação onde os personagens devem encontrar e eliminar a ação de um fantasma em uma residência.

O oitavo cenário, “The Non-euclidean Man” é uma interpretação curiosa do filme “O Homem-invisível“, aliando uma sociedade secreta com ciência não convencional.

Em “The Black Chateau”, os personagens devem sobreviver às armadilhas de uma casa mal-assombrada.

A décima aventura é “Under a Werewolf Moon”, clássico conto de Lobisomem. Além do combate contra o licantropo, foram adicionadas regras para que os jogadores possam ser infectados e interpretarem os seres amaldiçoados.

O penúltimo cenário é “The Preserve”, onde os antagonistas de três aventuras anteriores (“Dreams Of Dracula,” “Dr. Grave Dust,” e “The Non-Euclidean Man) se juntam para encontrar uma edição do Necronomicon. Apenas os personagens podem evitar esta tragédia, que pode destruir o mundo que conhecemos.

E a aventura final é a inusitada “The Final Reel”, onde os jogadores devem investigar o set de gravação do filme “Call of Cthulhu”, que está acontecendo em um dos estúdios de Hollywood. Abusando da metalinguagem e da homenagem aos filmes clássicos, este é um dos cenários mais divertidos e com mais opções para o mestre.

A avaliação de “Shadows over Filmland” é a mais positiva possível e fica a torcida para que o pessoal da Retropunk faça a tradução deste livro tão logo quanto possível. Obrigatório para quem gosta dos clássicos de terror, deixa excelentes brechas para adaptações de outros filmes, como os do expressionismo alemão gravados no mesmo período, como, por exemplo, “O Golem” e “O Gabinete do dr. Caligari”.

Os desenhos são muito bem escolhidos e seguem o padrão da Pelgrane Press para os títulos de Rastro de Cthulhu. As únicas críticas são para a parte de bibliografia e filmografia, que merecia mais títulos de referência; e para os handouts, que poderia ter mais páginas e mais elementos para os mestres (neste caso, nada que a criatividade não possa suprir).

“Shadows over Filmland” tem 192 páginas em capa dura, mas pode ser comprado em meio digital por 16,95 dólares, na DriveThruRPG.com clicando AQUI.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s