Conheçam “O Inescrito”.

O Inescrito.

As vezes me surpreendo como os amantes de quadrinhos em geral não conhecem certo títulos que eu simplesmente adoro. Na grande maioria das vezes as pessoas que conheço e que curtem quadrinhos gostam dos títulos tradicionais de super-heróis, sejam da Marvel ou da DC. Eu já prefiro as histórias da linha Vertigo, que possuem uma temática mais misteriosa e na maioria das vezes carregada de magia. Um dos motivos dessa minha preferência talvez seja os reboots, crises, origens recontadas, mortes e ressuscitações que eu já vi milhares de vezes nos últimos tempos na linha dos grandes super-heróis que tiraram minha vontade de continuar acompanhando tamanha confusão que os roteiristas fizeram com as histórias. Infelizmente até mesmo na linha Vertigo isso aconteceu recentemente com John Constantine, que teve seu título “Hellblazer” cancelado e retornado para o Universo DC com a revista “Constantine”, mudando várias de suas características e de seu passado, além do Monstro do Pântano e Homem-Animal. Mas ainda conseguimos encontrar muita coisa boa e inovadora dentro destes títulos sem super-heróis, como a série “O Inescrito”.

Publicado no Brasil em forma de encadernados pela Panini Comics a série escrita e desenhada por Mike Carey e Peter Gross, os mesmos de “Lúcifer”, criaram uma história na qual os personagens fazem parte de uma história ou são a própria história. O enredo gira em torno de Tom Taylor, filho de Wilson Taylor, um autor que desapareceu sem deixar rastro, no auge de sua carreira. Wilson escreveu uma série de livros sobre um menino mago chamado Tommy Taylor, inspirado em seu filho Tom, cheio de fantasia, sendo comparado à série de Harry Potter. Tom é sempre um pouco rude e cansado sobre seu status como uma pequena celebridade. Seu pai tinha feito uma fortuna mas o próprio Tom nunca fez nada, fazendo a maioria de seu dinheiro através de aparições em convenções de quadrinhos e fantasia para autografar os livros do pai e participar de debates sobre os livros com os fãs. Em uma delas ele é confrontado por uma jovem mulher, chamada Lizzy Hexam, onde ela afirma publicamente que Tom não é o verdadeiro filho de Wilson Taylor. A tempestade que se segue na mídia onde várias teorias são criadas, tais como Tom ser um impostor ou de ter sido comprado por Wilson Taylor de ciganos, começam a circular. Eventualmente alguns fãs chegam à conclusão de que Tom Taylor é a encarnação viva do personagem Tommy Taylor e seria uma espécie de messias. Na tentativa de fugir da publicidade, e chegar ao fundo do mistério de sua identidade, Tom se retira para uma mansão na Suíça onde Mary Shelley escreveu Frankenstein. O lugar é onde seu pai escreveu os romances de Tommy Taylor e o último local onde tinha sido visto antes de desaparecer misteriosamente. Tom tenta descobrir o que aconteceu com seu pai, enquanto outros mistérios vão surgindo.

O autor brinca um pouco com a imagem de Harry Potter e o sucesso de seus livros, passando por referências de várias outras obras da linha Vertigo, como Fábulas e Sandman. Para quem deseja ler algo novo e que sai um pouco da linha de super-heróis combatendo o crime, “O Inescrito” é uma pedida certa. A Panini já publicou três encadernados: O Inescrito Vol. 01 – Tommy Taylor e a Identidade FalsaO Inescrito Vol. 02 – O InformanteO Inescrito Vol. 03 – O Retorno de um Morto. Podem comprar sem susto porque vale a pena.

Advertisements

Um pensamento sobre “Conheçam “O Inescrito”.

  1. Inescrito é bom, mas considero inferior a alguns títulos da Vertigo, como Fábulas e Y. Mesmo achando isso, tenho acompanhado a série, que está em crossover com Fábulas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s