Seu monstro: Ame-o ou deixe-o!

Recentemente fiz uma breve análise do jogo “Cats – A Little Game About Little Heroes”de John Wick, mesmo autor de “The Shotgun Diaries” e “Blood&Honor” que foram publicados no Brasil pela Redbox Editora. Como eu havia prometido irei analisar mais alguns pequenos jogos deste gênio dos RPGs indie. Desta vez escreverei sobre “Byron Falls – A Little Game About a Lot of Supernatural High School Drama”.
O jogo é baseado em cenários onde um grupo de adolescentes que vivem em uma pequena cidade do interior dos EUA travam batalhas contra criaturas sobrenaturais…ou se apaixonam por elas! Lembre de “Crepúsculo”, “Buffy: A Caça-Vampiros”, ou até mesmo o recente sucesso televisivo “True Blood” que você entenderá a proposta de “Byron Falls”.
Os jogadores interpretam jovens que estão na High School (Ensino Médio no Brasil) com liberdade de criação de todo o tipo de esteriótipos presentes nestes dramas juvenis. Eles devem ter um círculo de amizade com 5 personagens adolescentes que podem ser outros jogadores da mesa e/ou criar NPCs. Aqui os amigos funcionam como nas regras de “The Shotgun Diaries”, com os jogadores tendo dados bônus quando estão em grupo ou quando fazem uma ação com seu amigo por perto. Eles devem criar também um inimigo, ou escolher um entre os jogadores. Este inimigo adolescente funcionará como o típico adolescente popular ou capitão do time de futebol americano que inferniza a vida do personagem. Eles começam como alunos do 9th grade (nossa 8ª série) entre 14 e 15 anos indo até o 12th grade (final do Ensino Médio) quando então o aluno vai para o College (faculdade) e sai do jogo. Existem regras para a passagem do tempo e até mesmo que deve ser feito no período das férias de verão! As regras para a criação dos personagens são simples e funcionais não demorando mais do que alguns poucos minutos. Os jogadores devem distribuir seus pontos de personagens entre 5 campos de interesses dos alunos que permitem que eles assumam Riscos (testes) quando esses interesses são apropriados. São eles: Artes (para testes criativos ou manuais), Esportes (testes físicos), Estudo (testes mentais e de conhecimento), Drama (testes de convencimento e persuasão) e Detenção (para fazer coisas que eles não deveriam fazer). Os jogadores rolam uma quantidade de dados de seis lados igual a quantidade de pontos que colocaram naquela área de interesse e se obtiverem pelo menos um número par passam no teste. Cada número par adicional permite que o jogador assuma uma verdade no resultado final do teste, como acontece também no sistema de“Blood&Honor”.
Tudo estaria bem se não fossem pelos monstros que povoam secretamente a cidade. São vampiros, lobisomens, múmias, bruxas, magos, golens e quaisquer outros que a imaginação do Diretor (mestre) e jogadores permitirem criar. Eles tem seus próprios objetivos e poderes que devem ser definidos em conjunto entre todos. Aqui jogadores e mestre podem dar a campanha um estilo “Scooby Gang” com os amigos se unindo para investigar os mistérios da cidade e caçar os monstros que os adultos não acreditam que existem, ou então um clima mais“Crepúsculo” e “True Blood” com os monstros caindo de amores pelos personagens e tendo que lidarem com as consequências deste amor proibido.
Existem regras também para transformar seu personagem adolescente em um monstro, caso seu relacionamento amoroso leve a isso, ou para os jogadores começarem a campanha como monstros competindo pelo amor de um(a) adolescente NPC ao mesmo tempo que procuram afastar as outras criaturas sobrenaturais de sua alma gêmea. Os monstros abastecem seus poderes com pontos de alma que eles roubam dos humanos e portanto precisam ir a caça para se manterem imortais e usando suas habilidades.
Uma das coisas mais legais no jogo é o sistema de avanço do tempo escolar, com as sessões de jogos sendo parte dos semestres e o fato dos jogadores não receberem pontos de experiência, mas… mesada! Com o dinheiro da mesada eles compram ferramentas ou equipamentos que podem ajudá-los quando assumem riscos, recebendo dados bônus quando assumindo riscos. Os jogadores recebem $10 por sessão de jogo por uma atuação normal e $20 caso a atuação seja muito boa. É pouco? Então arrume um emprego e ganhe $100 por sessão de jogo independente de sua atuação, mas fique ciente que trabalhando você terá menos tempo para estudar e menos tempo com seu amor, dando oportunidade para que seu inimigo tente roubá-lo de você ou que seu personagem reprove de ano, afinal estar na High School não é fácil e os personagens também lidam com a pressão das provas, professores que os perseguem, necessidade de manter as notas altas para estar no time da escola, etc.
Mas quando chega o verão tudo fica melhor. Os jogadores podem redistribuir os pontos de personagens entre as áreas de interesse (os gostos do adolescentes mudam de um ano para outro) e podem também gastar seu dinheiro economizado durante o ano para comprar coisas que vão ajudá-los nos riscos que irão tomar daqui para frente.
Byron Falls – A Little Game About a Lot of Supernatural High School Drama” é um pdf de apenas 14 páginas em preto e branco com tudo o que você precisa para começar a seu drama teen. Para os mais puristas e que acham tudo isso bobagem adolescente experimente chamar sua namorada, que não gosta de RPG e acha tudo uma besteira, para jogar uma sessão. Ou então aquela menina da sua escola que você tá paquerando para ver se elas não vão despertar interesse pelo jogo. Mesmo seu grupo de jogo dos marmanjos, cheios de testosterona, vão gostar de um cenário diferente e divertido como esse.
Para comprar o jogo, que custa módicos $5 dólares, entre no site do Drivethrurpg clicando AQUI.
André Cruz é professor de história, mestre e jogador de RPG desde antes do Edward ser transformado em vampiro e atualmente interpreta um adolescente problemático e solitário que se apaixonou por uma bruxa em Byron Falls.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s